O Mote do momento: CRIAÇÃO DE VALOR

Por – Annibal Ribeiro Lima

Ilustres amigos,

Decorrido algum tempo do segundo semestre e nos vemos em um cenário em que algumas coisas foram para o lado positivo, enquanto outras tantas foram para o lado negativo….. Como saldo, um contexto ainda indefinido e volátil, mas sempre com boas oportunidades….
 
Os EUA se mantêm em um caminho de boa recuperação, calcado em tecnologia e energia, com fortes ganhos de produtividade em sua economia. Bom por um lado pois ajuda a carregar o mundo, mas ruim por outro, pois acaba “roubando” recursos dantes alocados para nós, emergentes. Vale agregar ao momento atual americano, a tensão na Síria, a posição (política) de “guardião” do mundo que os EUA adoram assumir e o fato de estarmos falando do Oriente Médio, o berço maior do petróleo.
 
Europa adormecida, vai a trancos e barrancos, lentamente, se organizando para mais do que colaborar, não atrapalhar a economia mundial no decorrer do tempo.
 
Japão em sua luta para acordar, pode ser um parceiro positivo para a manutenção da economia mundial em terreno de desenvolvimento positivo. Pelo menos vê-se boas intenções.
 
Quanto a China, locomotiva dos últimos anos, sem dúvida haverá uma mudança no modelo. Peças da matriz de crescimento serão afetadas, algumas mais, outras menos, mas de qualquer forma ainda teremos a colaboração deles para o crescimento mundial (como um todo) por enquanto. 
 
E nós?? Pois é, no que depender do resto do mundo, podemos considerar que já vivemos momentos melhores. No que depender de nós mesmos, podemos considerar que já vivemos momentos melhores, tanto no que diz respeito a competência dos governantes, quanto no que diz respeito à credibilidade nos governantes, credibilidade esta necessária para implementação de mudanças e estratégias que além de mexer em muito “vespeiro”, visa resultados sustentáveis a longo prazo, o que não combina muito com político.
 
A alavancagem (no bom sentido) viável do Brasil deveria estar fincada em ganho de produtividade, em criação de valor. Para isso devíamos ter criado condições de infra-estrutura e aprimorado o investimento em educação…… Perdemos o pé e agora temos aí a absoluta necessidade de investimento em infra-estrutura, que nos coloca cada vez mais sob o risco do país “parar” de vez. 
 
O investimento em infra-estrutura deve vir sob forma de concessões, possibilitando que nos mantenhamos com crescimento positivo (sem muito alarde). Isso, contando que governo não extrapole seu arsenal de barbeiragens. 
 
Enquanto tentamos recuperar o tempo perdido, jogado no lixo pelo PT, voltamos definitivamente para nossa dita vocação de país agrícola, com a indústria caindo para sua menor parcela dentro do PIB desde os idos da década de 50. Alguém precisa alimentar o mundo, gerar matéria prima e cosequentemente receber pouco por valor agregado….. Fomos o escolhido!!!
 
De um jeito ou de outro vamos levando, mas o mais importante é que tem muito valor para ser criado por aí, muita produtividade para ser gerada e cabe a nós a procura e a extração deste valor no mundo micro, de oportunidades reais. Cola na banca!!!!
Como produtos interessantes para investimento neste momento de alta indefinida de juros, alta inflação e crescimento limitado, pelo lado interno, com o mundo dando uma ajustada no perfil de seus players, o momento é de ser conservador. 
 
As taxas de juros futuras subiram muito, dando a impressão que pode ter havido um overshooting, mas não é uma boa hora para peitar o mercado, portanto…. Vamos ficar atrelados ao CDI, pois quem tem juízo tem medo. CDBs/LCIs/LCAs garantidos pelo FGC, LFTs e o Fundo Sul America Exellence Credito Privado, são bons produtos de fácil acesso pelo site da XP, com a nossa assessoria.
Produto interessante que está sendo gestado pela área de produtos da XP, com previsão de estar operacional na segunda quinzena de Setembro, é um fundo estruturado fechado, que seguirá a carteira do guru Warren Buffet e seu Berkshire Hathaway. O fundo é de Capital garantido, com limitação de rentabilidade em 25% pelo período de 18 meses. Vale bastante a pena para parte do Portfólio. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *