Gol e Smiles: Um dia de fúria

Depois da Multiplus e Qualicorp, mais um caso bizarro de “Des” Governança Corporativa….. Haja más práticas…. Eita Brasil….

Por: Adeodato Netto, Eleven Financial

No domingo, 14/10, a Gol comunicou, através de Fato Relevante, a reestruturação societária pretendida pela companhia, incorporando todas as ações da Smiles e as substituindo por uma nova classe de ações preferenciais da Gol, combinada com parcela em dinheiro e parcela das atuais preferenciais.

Muito além da questão da avaliação. O ponto é transparência e responsabilidade com os minoritários.

De acordo com o Fato Relevante: “A Reorganização tem por objetivo assegurar a competitividade de longo prazo do Grupo, através do alinhamento de interesses de todos os stakeholders, reforçando uma estrutura de capital consolidada, simplificando a governança societária das Companhias, reduzindo custos e despesas operacionais, administrativas e financeiras, e aumentando a liquidez no mercado para todos os acionistas do Grupo.”

Ressaltamos que, logo após a divulgação pela Smiles, das perspectivas para os próximos cinco anos, bem como intenção de pagamento de dividendos e projeções de crescimento, este movimento fere os princípios básicos de governança corporativa e respeito aos minoritários que esperamos em qualquer companhia listada.

Para a Gol, mais um movimento de agarrar-se à vertical que suporta seus desequilíbrios de caixa a cada ciclo e tomá-la de assalto.

Gostaríamos muito de ver o regulador (CVM) se pronunciando sobre temas com esta sensibilidade e dimensão, mas não de forma genérica e sim, analisando caso a caso, publicamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.